21 de outubro de 2014

TRAILBLAZER 2015 AGORA COM INJEÇÃO DIRETA, NOVA SUSPENSÃO E INTERIOR MAIS SOFISTICADO


21/10/2014


O Trailblazer chega à linha 2015 com diversas melhorias, como o acabamento interno mais refinado e a suspensão recalibrada. Outra novidade está no Powertrain, começando pelo motor 3.6L HFV6 a gasolina, que ganhou tecnologias como a injeção direta de combustível que deixaram o conjunto ainda mais potente e econômico.
O número impressiona: são 277 cavalos, que o coloca no mesmo patamar de SUVs importados de preço superior e consolida o Chevrolet como o veículo de passageiros nacional de produção mais potente da história.
Além disso, o Trailblazer recebeu nova calibração da transmissão automática, o que proporcionou trocas de marcha ainda mais suaves.
Por dentro, o modelo 2015 sofistica-se ao adotar forração de couro bicolor para os bancos e painel com detalhes em preto brilhante --uma tendência entre carros de luxo.
O maior nível de sofisticação também pode ser percebido por meio do sistema de isolamento acústico reforçado e pelo novo acerto da suspensão, que deixou o veículo, inclusive, mais prazeroso de guiar.
Essas mudanças também são extensivas à versão turbodiesel.
“Com essa dose extra de conforto, refinamento e performance, o Trailblazer sobe de patamar, sem perder sua principal virtude: a robustez para enfrentar as mais severas condições de terreno”, define Samuel Russell, diretor de marketing da General Motors.   

CONHEÇA O CARRO DO JAMES BOND DO ''SÉCULO 21''


21/10/2014


Não é um Aston Martin, mas é o automóvel perfeito para qualquer James Bond. E não só. É também o sonho de qualquer líder, empresário ou ditador.

Falamos do Black Shark Prombron, um veículo de luxo que mais parece um tanque e que é descrito pela Dartz como “o verdadeiro automóvel do espião do século 21”.



A explicação é simples. O Black Shark Prombron está equipado com uma carroceria em Kevlar e titânio, mas também um scanner de retina e reconhecimento de impressões digitais.

E a lista não se fica por aqui. Conta ainda com sistema interno de videovigilância e sirenes. Os puxadores das portas “anti-paparazzi” recolhem e até podem dar choques elétricos. A blindagem é nível B7. 

Este crossover de luxo tem por base o Mercedes GL e oferece todos os equipamentos de assistência ao condutor, assim como suportes para garrafas de champanhe, Xbox One, PS4 e LTE hotspot. 



Está disponível com dois motores, o do GL63 AMG, ou seja, um V8 biturbo de 5,5 litros, ou o V12 de 6 litros do GL65 AMG. O mais potente pode ser "ajustado para 1.500 cv, a pedido do cliente". 

"O nosso carro vai ser o sonho de centenas de magnatas, mas apenas cinco terão direito a ser proprietários", revelou Leo Yankelovich, responsável máximo da Dartz.

Entre a lista de clientes da empresa com sede na Letónia encontra-se o rapper norte-americano Kanie West.



VÍDEO DA HORA: FOTÓGRAFO É QUASE ATROPELADO EM CORRIDA


21/10/2014



Veja como este fotógrafo teve muito sorte.
Se não fosse para o carro de corrida recebendo alta faces em alguma sujeira que certamente teria pego para o fotógrafo, antes que ele tivesse tempo de saltar para fora do caminho.
Que esta seja uma lição para todos os fotógrafos de carro. Sim, do lado de fora de um canto é onde você começa as melhores jogadas. É também onde você é mais provável de ser afetado por um veículo desgovernado.

SERÁ QUE A ROLLS-ROYCE DEVE LANÇAR UM CROSSOVER ?


21/10/2014


A Rolls-Royce continua indecisa sobre a possibilidade de avançar para o desenvolvimento de um modelo crossover, uma estreia na marca. 

Numa altura em que a Bentley trabalha para produzir aquele que promete ser o crossover mais caro do mundo, a Rolls-Royce, uma das principais rivais, já tinha anunciado a intenção de entrar nesse segmento, mas, ao que parece, ainda não há uma decisão certa. 

Peter Schwarzenbauer, da direção da BMW,reiterou a ideia que é um tema em discussão, mas admitiu que ninguém está ''totalmente convencido'' que é esse o caminho a seguir.

A Rolls-Royce é conhecida por ser a marca dos aristocratas e o modelo teria de conseguir passar para o estilo crossover essa impressão digital. 

Segundo Schwarzenbauer os primeiros designs não foram satisfatórios e a marca só avançará com certeza que vale a pena arriscar e não cair no ridículo de um modelo que descaracterize o trabalho de décadas. 



ALUGANDO UM CARRO NO BRASIL: BENEFÍCIOS E ORIENTAÇÕES


21/10/2014


O verão está chegando e é hora de começar a planejar as viagens na estação mais quente do ano. Com a variedade de destinos e as distâncias no Brasil, seja na praia ou no campo, ter um carro à disposição para os passeios é uma ótima alternativa para explorar os lugares com maior flexibilidade nos horários e ainda poder vivenciar experiências exclusivas.
Meio de transporte mais usado pelos brasileiros, segundo pesquisa com hóspedes de lazer realizada em 2013 pela Mapie, consultoria especializada em turismo e hospitalidade, o carro foi apontado por 59,4% dos entrevistados, enquanto o avião é a opção de 37,6% e o ônibus contribui com somente 2,4%.
Muitas vezes também é escolhida a opção combinada com o avião, para acessar locais que não possuem aeroporto ou que haja o interesse em desbravar mais detalhadamente a região. “O carro pode proporcionar comodidade e satisfação ao cliente, pois permite que o turista conheça lugares que nem sempre estão nos cities tours”, salienta Elaine Kovac, diretora de operações e franquias da Avis Rent a Car.
E para que a locação de um automóvel seja positiva, é importante atentar para algumas regras, como explica Kovac. “A locação é uma possibilidade cada vez mais acessível à população, mas é preciso tomar alguns cuidados simples para que o cliente tenha uma experiência prazerosa. No site da Avis há disponíveis informações sobre as regras para o aluguel de um automóvel”.


VÍDEO: LADRÃO ENTRA EM ÔNIBUS PARA ROUBAR BOLSA E SE DÁ MAL


21/10/2014


Veja como um ladrão de bolsa na cidade chilena de Conceição falha miseravelmente, primeiro o bandido atrapalhado tenta pegar antes de ser preso na porta do ônibus ao tentar fugir do local.


Então, quando o motorista acelera o ônibus e bate o ladrão.
Quando o ônibus finalmente chega a um ponto, é apreendido por um policial. 

FOTOS: CONFIRA O QUE ROLOU NA SÃO PAULO HARLEY DAYS 2014


21/10/2014
Por: Eliana Malizia


Aconteceu neste fim de semana ( 18 e 19 de Outubro) o São Paulo Harley Days 2014 no Sambódromo do Anhembi.



O evento contou com uma programação nota 1000; muita gente bonita, desfile de motos pela cidade, shows de rock, show de manobras da Rocam, exposições de motocicletas, espaços com restaurantes para todos os gostos, bares, estúdio de tatuagem, barbearia, salão de beleza e muito mais.

O surpreendente foi a pontualidade com toda a programação; em um evento grande como este é comum atrasos e o Harley Days está de parabéns por tamanha organização. O espaço escolhido para o evento, foi perfeito; o local é grande e  o publico teve espaço à vontade, sem aglomerações, puderam assistir bem de pertinho as grandes bandas  que se apresentaram ( Ira, Blitz, Brothers of Brazil, Ultraje a Rigor e Lobão) e desfrutar todas as áreas com facilidade. A energia do evento foi contagiante e a festa foi bastante elogiada!

ESSE É O AUDI SPORT TT CUP PARA O CAMPEONATO DTM 2015


21/10/2014


A partir do próximo ano o Audi TT vai contar com um campeonato exclusivo que vai acompanhar a temporada do DTM. A competição vai ser disputada nos novos Sport TT Cup, carro de competição baseado na terceira geração do TT.

O novo campeonato foi pensado para pilotos principiantes, pilotos de nível de clube e celebridades. As provas serão disputadas nas etapas alemãs do DTM e terão duas corridas em cada um desses fins de semana.



O Audi Sport TT Cup utiliza a mesma estrutura leve de aço e alumínio do TT e pesa um total de 1125kg. Está equipado com um motor de dois litros TFSI a gasolina que foi retirado da gama do modelo de produção e que sofreu muito poucas alterações. Combinado com o motor está uma caixa de seis velocidades S tronic.

Com este motor o Sport TT Cup apresenta uma potência de 310 cv, mas graças à função “push-to-pass” essa potência pode ser momentâneamente aumentada em 30 cv. Uma tração mais otimizada no eixo dianteiro é conseguido graças ao diferencial ativo que é variável eletronicamente a partir do cockpit.





JEREMY CLARKSON É PRESO POR EXCESSO DE VELOCIDADE


21/10/2014


apresentador do Top Gear, Jeremy Clarkson revelou que ele foi pego em alta velocidade no Reino Unido.
Não há nenhuma palavra sobre o que Clarkson estava dirigindo, mas ele estava viajando entre Whitby e Londres, quando uma câmara de vigilância captou sua transgressão. O apresentador se recusou a dizer o quão rápido ele estava indo, mas confirmou que era "muito rapidamente para o curso de sensibilização velocidade para ser uma opção."
Desde clemência está fora da mesa, Clarkson irá, alegadamente, têm pontos em sua licença pela primeira vez em 30 anos.

JAC MOTORS DEFINE NOME DE SEU SEGUNDO SUV NO BRASIL: “T5”


21/10/2014


A JAC Motors aproveitará o Salão do Automóvel para mostrar que quer entrar de vez na briga no segmento dos utilitários-esportivos. Além do lançamento do T6, a marca vai exibir sua maior aposta para o mercado brasileiro em 2015: o T5. Batizado de S3 no mercado chinês, ele receberá, no Brasil, a designação “T”, que já é usada em outros utilitários da empresa, como o T8 e o T6.
Assim como todos os carros lançados pela JAC Motors até hoje no Brasil, o T5 rodará cerca de 1 milhão de quilômetros e passará por todos os ajustes e as alterações necessárias para conquistar a preferência do consumidor brasileiro. Os testes de durabilidade serão iniciados logo após o Salão do Automóvel.
“Apostamos muito no sucesso do T5. Além do design, ele deverá se diferenciar em sua categoria pela extensa lista de equipamentos de série. E mais do que isso: o T5 será o primeiro JAC vendido no Brasil com opção do câmbio automático”, explica Sergio Habib, presidente da JAC Motors.

Com 4,325 metros de comprimento e 2,56 m de distância entre-eixos, o T5 será posicionado no segmento de entrada dos SUV´s, fortemente ocupado por modelos fabricados no Brasil.  O motor será o já conhecido 1.5 16V VVT JetFlex – usado no J3 S 1.5 e no J3 Turin S –, que possui 125/127 cv.

20 de outubro de 2014

AUDI TRARÁ URBAN CONCEPT ELÉTRICO AO SALÃO DO AUTOMÓVEL 2014


20/10/2014


O Audi urban concept não se baseia em nenhum modelo anterior. Seu desenvolvimento foi orientado exclusivamente pelos mais rigorosos princípios de construção leve, eficiência e redução de tamanho. O resultado é um carro conceito sem nenhum peso desnecessário, que concentra a pura essência da mobilidade esportiva. O peso é de aproximadamente 480 kg nas duas versões.

O Audi urban concept tem uma carroceria esguia. As rodas são salientes e seus para-lamas protetores envolventes trazem faixas de LEDs. O visual altamente compacto do estudo técnico, com suas linhas convergindo para a dianteira, é dinâmico e emocionante. Ele dá à linguagem de design da Audi um impulso totalmente novo.

A bordo há espaço para duas pessoas em dois bancos ligeiramente defasados (o do motorista fica mais à frente que o do acompanhante), esportivamente baixos. Todos os controles e materiais são sujeitos aos princípios da construção ultraleve, para garantir que a experiência sensorial por eles transmitida seja única e tocante. O motorista pode ajustar o volante e os pedais às suas características físicas. Entre os pontos característicos do Cabriolet estão sua área de janelas baixa e contínua e as portas que se abrem diagonalmente para o alto.

 
A tecnologia presente no Audi urban concept reflete toda a capacidade da marca, especialmente no tocante à construção ultraleve. O cockpit é feito de polímero reforçado com fibra de carbono e integra a armação inferior dos dois assentos. O Audi urban concept roda sobre aros de 21 polegadas de diâmetro.
 
Dois motores elétricos e-tron com produção de 20 cavalos de potência constante e e 47 Nm de torque são responsáveis pela propulsão, dando ao Audi urban concept condições para uma vigorosa aceleração, já que a sua carroceria é muito leve. Uma bateria de íons de lítio de 7kWh fornece a energia, ideal para longos passeios pela cidade. Proporciona aproximadamente 70 km de autonomia, o suficeiente para um carro destinado a andar futuramente nas cidades.

O Audi urban concept estará no Salão do Automóvel 2014 e a ZIPP CAR irá trazer mais informações e fotos do modelo. 


VÍDEO: DOIS CARROS BATEM EM CRUZAMENTO E MOTORISTA ''SALTA'' DE DENTRO DO VEÍCULO


20/10/2014



Temos três letras para você: O! M! G!
Não tente fazer isso em casa... estamos certos de que os resultados serão mais trágico.

GP DO BRASIL GERA R$ 260 MILHÕES PARA SÃO PAULO


20/10/2014


Daqui a um mês a cidade de São Paulo receberá um dos maiores eventos realizados anualmente na metrópole: o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. A 43a edição realizada em território nacional e 34a edição na capital paulista ocorrerá no dia 9 de novembro, com treinos nos dias 7 e 8. A expectativa é que o GP 2014 supere o impacto de R$ 260 milhões movimentados na economia da cidade com o turismo, caracterizando-se como o evento anual que mais gera receita turística. O número é uma estimativa do Observatório de Turismo e Eventos, núcleo de estudos e pesquisas da São Paulo Turismo (SPTuris), baseado na pesquisa que realiza todos os anos com o público durante a prova. Mais de 1,2 mil questionários são aplicados.

E de acordo com a organização da prova, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 é a maior audiência do campeonato mundial. Em 2013, a prova foi assistida em 77 milhões de domicílios em quase 200 países. O levantamento ainda revela novas cifras sobre a presença de São Paulo no calendário da Fórmula 1 e mostra a importância do evento para a cidade. O valor mensurado da exposição da cidade, por conta do GP Brasil no ano passado, atingiu a marca de US$ 234,3 milhões (ou R$ 560 milhões) em mídia, totalizando mais de 5,6 mil matérias publicadas em 22 línguas. Nos últimos cinco anos, ou seja, entre 2009 e 2013, o valor da exposição chega a mais de US$ 922,1 milhões (R$ 2,21 bilhões). Neste período, o estudo revela que 2,5 bilhões de pessoas receberam imagens ou informações sobre São Paulo.

Para o secretário especial para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris (empresa municipal de turismo e eventos que administra o Autódromo de Interlagos), Wilson Poit, o GP é um evento extremamente importante para a cadeia turística e para a economia da cidade. “O retorno direto com turismo gerado pela Fórmula para a cidade é seis vezes maior do que o investimento que fazemos todo ano. E, além do retorno com os gastos dos turistas, é um evento que eleva o prestígio global de São Paulo e tem um impacto milionário em mídia positiva para a cidade, uma promoção internacional fantástica. Não à toa, vários destinos brasileiros e latino-americanos já tentaram levar o GP para suas cidades, mas a Prefeitura de São Paulo está empenhada em manter esse trunfo na capital paulista”, afirma, lembrando que a administração municipal já assinou acordo com a organização da Fórmula 1 para que a prova permaneça na cidade pelo menos até 2020.

Em relação a tributos municipais, o turismo gerado pelo GP de Interlagos foi o grande responsável pela arrecadação de cerca R$ 22,9 milhões em ISS com o grupo 13 – Turismo, Eventos e Assemelhados – durante o mês de novembro do ano passado, caracterizando a maior arrecadação do ano em impostos relacionados ao turismo. Em novembro de 2012, o mesmo grupo obteve a também arrecadação recorde de R$ 21,7 milhões em novembro.

Para Poit, o GP é responsável por impulsionar, todos os anos, diversos setores que geram receita para o município. “O Grande Prêmio Brasil de F1 é um ganho para a população e seus visitantes não apenas pela oportunidade do entretenimento e da apreciação do esporte a motor, mas também por contribuir com a maximização da ocupação hoteleira e de toda a cadeia produtiva do turismo, ou seja, restaurantes, compras, transportes, entre outros, beneficiando da economia na cidade”, conclui.


HARD WORKING, A NOVA SÉRIE ESPECIAL DA PICAPE FIAT STRADA


20/10/2014


Líder do segmento de picapes pequenas, comercial leve mais vendido do País e com mais de 1 milhão de unidades vendidas no Brasil (marco alcançado em maio deste ano), o Fiat Strada chega agora ao mercado com mais uma novidade: a Série Especial Hard Working, para agradar ainda mais o público desse segmento.

Com a proposta de entregar mais força e robustez ao produto, esta Série Especial é exclusiva para a versão Working da picape Strada e para todos os seus tipos de cabine: curta, estendida e dupla. 



Muito bem equipada, além dos itens de série da versão, a Série Especial Hard Working traz ainda os conteúdos abaixo:
•Ar-condicionado + Para-brisas degradê; 
•Direção hidráulica; 
•Vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento (Working CC e CE, na CD já é de série); 
•Volante com regulagem de altura; 
•Faróis de neblina; 
•Predisposição para rádio (2 alto-falantes e Antena); 
•Abertura elétrica bocal de abastecimento; 
•Travas elétricas (Working CC e CE, na CD já é de série); 
•Janela traseira corrediça (Working CC e CE);
•Brake light.
 + Conteúdos exclusivos: 
•Faróis de máscara negra; 
•Rodas em chapa com pintura exclusiva. Opcional em liga leve 15” para a Cabine Dupla; 
•Pneus de uso misto; 
•E a inscrição da logomarca Hard Working nas soleiras das portas e nas laterais traseiras.



Com todos esses itens, ela chega ao mercado com um excelente contra valor.  
Strada Série Especial Hard Working CC – R$ 42.770. 
Strada Série Especial Hard Working CE – R$ 46.060.
Strada Série Especial Hard Working CD – R$ 51.190.
Strada Série Especial Hard Working CD (com rodas de liga leve) – R$ 51.690.



COLUNA ALTA RODA - TEIMOSIAS E AS ENCRENCAS


20/10/2014
Por: Fernando Calmon


Durante os três dias do 23º Congresso da SAE Brasil, realizado recentemente em São Paulo, o tema central não poderia ser mais atual. O mote “Construindo a mobilidade inteligente – os veículos do futuro” representa uma vasta gama de interesses e de mudanças disruptivas que a indústria e a sociedade já iniciaram. Engenheiros da mobilidade têm enormes desafios pela frente e, no caso do Brasil, ainda mais em razão da atual situação econômica. A própria exposição agregada ao congresso encolheu 10% este ano.
Muitos dos avanços gravitam em torno da sigla ITS (em inglês, Sistema Inteligente de Transportes) e suas ramificações. Além de trazer soluções, ITS impõe novo conceitos para racionalizar o trânsito e dar mais segurança. Afinal, em 2020, o mundo terá mais de 1,2 bilhão de veículos leves e pesados em circulação, sem contar motos e bicicletas. Uma das preocupações é que os automóveis mostram longevidade maior que muitas das tecnologias atualmente nele aplicadas. Algum tipo de harmonização ou de atualização precisa ser avaliado.
Basta um exemplo. Os programas de navegação em tempo real, disponíveis para qualquer telefone celular inteligente, começam a ser alternativa aos caros sistemas de navegação GPS nos painéis com seus mapas que precisam de atualização e não indicam rotas alternativas. Hoje isso é fundamental para aproveitar melhor as vias menos congestionadas, gastar menos tempo e combustível, sem contar menor poluição.
Sensores, câmeras e radares também já representam enorme ganho em segurança. Citou-se o exemplo da Alemanha, onde 31% dos acidentes em congestionamentos aconteciam porque não se freava a tempo. Computação de bordo emite alertas e pode parar o carro de forma independente. Agora, funciona em linha reta, mas em breve também em curvas. O que se tem certeza é de que essas pequenas intervenções no modo de conduzir abrem as portas a sistemas autônomos plenos.
Para o palestrante Frank Karstner, da Bosch, o prazer de dirigir sempre existirá, mas direção autônoma extinguirá os erros e as colisões. Ivan Tocchetto, da TRW Brasil, lembrou que airbags e cintos de segurança trabalharão de forma mais integrada e inteligente. O próprio conceito de colisões começa a mudar depois dos exageros e voluntarismos dos programas de avaliações de carros novos (NCAP, em inglês), especialmente o europeu e o latino. Hoje é quase impossível um veículo pequeno alcançar cinco estrelas em proteção infantil. Mas, a partir de 2015, serão usados também manequins de crianças de 6 a 10 anos (além de 0 a 3 anos existentes) e haverá ainda teste contra barreira a 50 km/h (hoje, 64 km/h) apenas para o motorista.
Claro, propulsão elétrica sempre desperta grande interesse em congressos técnicos. Porém, vozes surgiram para lembrar que por uma fração do que se investe em carros elétricos – em especial suas baterias ou pilhas a hidrogênio – é possível melhorar em 50% a eficiência dos motores a combustão. Ersnt Winklhofer, do Instituto Real de Tecnologia da Suécia, passou um pito em quem apenas aplica as mesmas técnicas de injeção direta, por exemplo, de motores a gasolina ao etanol.
Hubert Friedl, da consultoria de engenharia AVL, relembrou uma tendência, sempre citada e defendida nesta coluna: a distância em termos de consumo entre motor diesel e de ciclo Otto (gasolina, etanol e gás) será significativamente reduzida nos próximos anos. Isso reverterá a encrenca em que os fabricantes europeus se meteram ao investir em apenas uma tecnologia e só agora caem na realidade.

RODA VIVA

PARA a consultoria econômica E&Y, 88% dos automóveis vendidos em 2025 terão conectividade avançada. Até lá novos recursos estarão disponíveis e um deles é a conexão automática de qualquer telefone celular inteligente ao sistema multimídia, logo ao entrar no carro. Operações atuais de primeiro pareamento são demoradas, às vezes confusas e sem padronização.
ENTRE aplicativos mais desejados destaca-se o que leva o motorista, pela tela do celular, até uma vaga livre em estacionamentos. Para isso é necessário que a infraestrutura interna do local esteja preparada. Em alguns países já existe em estacionamentos subterrâneos e o próximo passo será em pátios ao ar livre.
PREÇO já não atrai como antes, mas Kia Soul ainda oferece vantagens de espaço interno e acabamento/equipamentos por até R$ 92.900 com câmbio automático. Nessa nova geração as dimensões internas e externas (menos a altura) foram ampliadas. Motor de 1,6L/128 cv (mesmo do HB20) sofre um pouco para lidar com seus quase 1.400 kg de peso (ordem de marcha).
SALÃO do Automóvel de São Paulo, a partir do dia 30, espera atrair os mesmos 750.000 visitantes de 2012. Organizador Reed Alcantara instalará sistema de ventilação mais eficiente este ano. Essa restrição pode acabar já na edição de 2016. Um grupo francês investirá até R$ 300 milhões no atual Centro de Exposições Imigrantes e pretende conquistar este e outros salões.
____________________________________________________

fernando@calmon.jor.br e twitter.com/fernandocalmon